• Atendimento: Segunda a Sexta de 08h às 17h
  • Administração 2017-2020
  • FALE CONOSCO

Município cadastra famílias  para recebimento do Auxílio Emergencial

Município cadastra famílias  para recebimento do Auxílio Emergencial
  • 14/05/2020
  • Integração Social

Cerca de 250 famílias já foram atendidas pelo Município, por meio do Centro de Referência em Assistência Social (Crás), de Pedra do Indaiá, para receberem o Auxílio Emergencial do Governo Federal. Desde o dia 15 de abril a equipe do órgão está trabalhando em mutirão para cadastrar as pessoas que podem receber o benefício.

Orientadores sociais, psicólogos, assistentes sociais, coordenadores, cadastrador do Bolsa Famílias, enfim toda a equipe do Crás está envolvida no trabalho para garantir o benefício a todos que tem direito a ele.

O atendimento é de 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira. “Dedicamos muito tempo para esse atendimento e garantimos o benefício para quem precisa. Cadastramos aproximadamente 250 famílias que não estavam no Bolsa Família, e dentro de algumas delas mais de uma pessoa foram beneficiadas”, explicou a secretária de assistência social, Sinara Sirlei Melo de Oliveira.

Cerca de 152 famílias que já eram cadastradas no Bolsa Família também foram atendidas no Crás e vão receber o Auxílio Emergencial.

Ajuda

Quem se encaixar nos critérios para receber o Auxílio e não conseguir fazer o cadastro sozinho pode procurar o Cras para receber ajuda.

 

O que é

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus (COVID-19).

O benefício no valor de R$600,00 é pago para até duas pessoas da mesma família.

Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será de R$1.200,00.

Quem estava no Cadastro Único até o dia 20/03, e que atenda as regras do Programa, receberá sem precisar se cadastrar no site da CAIXA.

Quem recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso. Neste período o Bolsa Família ficará suspenso.

As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito ao auxílio poderão se cadastrar no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP CAIXA|Auxílio Emergencial.

Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou APP.

 

Para quem se destina?

Para ter acesso ao auxílio emergencial, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • Maior de idadeser maior de 18 anos de idade
  • Não ter emprego formaldestinado para trabalhadores autônomos com rendas informais, que não seja agente público, inclusive temporário e nem exercendo mandato eletivo
  • Não ser beneficiárionão receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família
  • Renda familiarrenda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00)
  • Rendimentos tributáveisnão ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70
  • Estar desempregado ou exercer as seguintes atividadesexercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).