• Atendimento: Segunda a Sexta de 08h às 17h
  • Administração 2017-2020
  • FALE CONOSCO

Encontros sobre Tabagismo ajudam fumantes a deixar o vício

Cenas do último encontro de 2019
  • 20/12/2019
  • Saúde

Em Pedra do Indaiá quem quer deixar de fumar encontra acolhimento da Administração Municipal, que promove encontros mensais de grupos de apoio para incentivar o abandono do vício. Os encontros são preparados pela Secretaria Municipal de Saúde, o último de 2019 ocorreu na terça-feira, dia 17.

O grupo é coordenado pela psicóloga, Mariuche Vieira Silva Pereira, e conta com uma equipe multidisciplinar, profissionais de diversas áreas da Saúde capacitados para atuar no programa.

As reuniões incluem roda de conversa, palestras, dinâmicas, atividades físicas e terapias. Nos encontros são abordados diferentes conteúdos, como a história do tabaco, os primeiros dias sem cigarro, malefícios que o fumo traz para a saúde, substâncias químicas presentes no cigarro, técnicas de relaxamento e outras atividades.

A psicóloga Mariuche coordena os trabalhos do programa de TabagismoAlguns temas são propostos pelos próprios participantes, como: maneiras de controlar a ansiedade, parar de fumar sem engordar, melhorar a respiração e o sono, entre outros. A troca de experiências entre os participantes é muito positiva e um acaba motivando o outro.

Resultados

Dois grupos de Tabagismo já foram formados em Pedra do Indaiá e, segundo Mariuche, cerca de 50% dos participantes deixaram o hábito de fumar. “Sinto-me muito feliz por participar deste projeto. Sabemos que o Tabagismo é uma dependência química e como toda dependência a luta é diária, por isso precisamos valorizar a luta destes guerreiros que estão completando 60 dias sem tabaco. Cada um com sua história, mas com muita vontade de vencer”, destacou a psicóloga.

Participe

Se você é fumante e quer deixar o hábito, procure a Unidade de Saúde mais próxima da sua casa. Lá você fazer sua inscrição e receber informações para se ingressar no próximo grupo de Tabagismo. Faz parte do planejamento da Secretaria Municipal de Saúde levar o programa a algumas comunidades rurais do município em 2020.

Antes de se iniciar o grupo, os participantes são encaminhados ao médico do PSF para avaliação clínica e é feita também uma avaliação psicológica individual para verificar qual o grau de dependência de cada paciente.