• Atendimento: Segunda a Sexta de 08h às 17h
  • Administração 2017-2020
  • FALE CONOSCO

Alisson assume Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente

Alisson assume Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente
  • 08/05/2020
  • Planejamento e Desenvolvimento Sustentável

O ex-chefe do Setor de Engenharia, da atual Administração Municipal, Alisson Geraldo Santos, 25 anos, agora está respondendo pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente. Ele assumiu a vaga de secretário da Pasta, deixada por José Zeomar.

Alisson atuava no Setor de Engenharia da Prefeitura desde 2018, ele começou como estagiário e em 2019, após concluir a graduação, foi contratado para o cargo de chefe. Como vinha desenvolvendo bem o trabalho, conquistou a confiança do prefeito Itamar Costa e foi escalado para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente no início de abril deste ano.  

 

Perfil

Alisson é Engenheiro Químico, formou-se em 2018, pelo Unifor-MG. Ele começou a carreira na Prefeitura, ainda como estudante.

 

Projetos

Atualmente, Alisson está à frente de um projeto que visa a regularização do Serviço de Inspeção Municipal, que tem como objetivo colaborar para que produtores de alimentos como queijos, doces e mel possam ter mais segurança, credibilidade e sucesso na comercialização dos seus produtos.

Para regularizar o Serviço de Inspeção Municipal, a Administração Municipal está migrando do Consórcio Intermunicipal Mutifinalitário do Centro-Oeste Mineiro, que foi extinto, para o Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário, que passará a ser multifinalitário também.

Segundo Alisson, a migração de Consórcio não afeta em nada os produtores de alimentos, visa apenas cumprir uma exigência para regularização do Serviço de Inspeção. Para fazer a migração, a Administração Municipal criou um projeto de lei que será enviado para a Câmara Municipal e deverá ser analisado e colocado na pauta de votação nas próximas semanas.

 

Conscientização

Uma das etapas do trabalho voltado aos produtores de alimentos é o incentivo à regularização. Porém, devido às medidas de prevenção ao coronavírus, reuniões e palestras foram adiadas.